Quando as jóias se misturam com a natureza…

Joana-Ribeiro_Pedro-Couto

…pelos olhos da Joana Ribeiro Joalharia

Na semana passada fui conhecer as jóias da Joana Ribeiro Joalharia no Norte Shopping, para descobrir toda a coleção e escolher uma jóia que iria fazer a diferença nos meus looks! Já seguia a marca nas redes sociais mas ainda não tinha visto a coleção ao vivo e aproveitei a minha vinda para o norte para conhecer a Joana, a criadora da marca e jovem empreendedora com pinta!

 para descobrir a coleção toda e escolher uma joia que ira fazer a diferencia nos meus looks!

– Como decidiste criar jóias a partir de elementos da natureza?

A natureza sempre foi uma temática que me fascinou. Sou fã da Arte Nova e decidi que seria joalheira após ver a exposição do René Lalique na Gulbenkian. Por isso quando decidi criar a minha identidade enquanto designer, não hesitei em ir buscar inspiração à natureza.

Qual foi a primeira jóia que desenhaste?

Não me recordo qual foi a primeira jóia que desenhei. No âmbito da universidade criávamos muitas peças consoante os projetos que nos eram pedidos.

Nunca sais de casa sem…?

Devia responder que não saio de casa sem uma jóia, certo? ahah! Com o crescer da marca passei a não usar nenhum acessório no dia a dia. Isto, porque como trabalho em banca de ourives, facilmente acabo por estragar alguma peça que use, por isso apenas me « enfeito » quando tenho compromissos. Respondendo diretamente, não saio de casa sem o telemóvel! é péssimo eu sei, mas estou constantemente a receber chamadas, emails, a ter de colocar lembretes…

– Qual é a jóia indispensável para todas as mulheres?

Acho que uma jóia diz muito de uma mulher. Indispensável depende muito da personalidade em questão. Eu gosto muito de ver mulheres com anéis que dão nas vistas, aqueles que nos fazem olhar quando passam por nós. No dia a dia, penso que uns brincos nunca devem faltar! Seja qual for o penteado, compridos ou curtos, dão sempre um toque ao nosso rosto.

– Se tivesses de usar uma peça das tuas coleções para o dia a dia, qual seria?

Eu sou muito de anéis! O « meu » anel é o Frutectum, sem dúvida é a peça que mais uso. Apesar de ser um anel grande e vistoso, é super confortável para usar num almoço ou numa reunião. Outros anéis que uso muito são os Pinun, Tanto o tamanho XS como o XL. São bastante práticos e gosto de os ver no dedo indicador. Ficam bem com uns jeans ou com um vestido mais formal.

– E para um casamento?

Para um casamento depende muito do que se leva vestido, mas aconselharia uns brincos Arboreos ou uns Brincos Anis. São compridos e vistosos.

– Onde podemos encontrar as tuas jóias à venda?

Neste momento o nosso ponto de venda principal é o Norteshopping onde temos o nosso stand no piso 1. No Porto, vendemos também na loja do Museu de Serralves. Em Lisboa estamos no It MArket no Colombo, na Un Croqui du Mode no Chiado e na Espaço Exibicionista na D. Estefânia.

Aqui vai uma amostra da coleção e para aquelas que não têm possibilidade de se deslocar às lojas citadas, não se preocupem, podem ver a coleção completa na loja online da marca!

Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro Joalharia
Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro Joalharia Joana Ribeiro JoalhariaJoana Ribeiro JoalhariaPara criar um pouco de mistério, tentem adivinhar a jóia que escolhi até um próximo post de um novo look!