Home tour #1

A cozinha, o coração da casa

Esta casa era uma casa a antigo: com uma sala de um lado e a cozinha do outro.A cozinha tinha azulejos nos tons beije e castanho com aqueles desenhos de panelas… tudo o que AMO! (Joking)

A ideia de fazer uma cozinha aberta, ou cozinha gourmet como os promotores gostam hoje em dia de a chamar era de poder ter uma peça de vida bem maior e com mais luminosidade.
Na antiga dispensa, foi criada uma nova casa de banho e a entrada pela cozinha/sala continuou a ser na entrada da sala. Esta alteração foi fácil já que a cozinha e a sala só estavam separadas por uma parede.Contudo, tivemos de manter uma viga que acabou por fazer uma espécie de separação entre os dois ambiantes.
A escolha de uma cozinha aberta é sempre um mix feeling. Pois, ganhamos muito espaço mas ao mesmo tempo a cozinha tem de ser bonita, com pouca informação e integrar-se totalmente na decoração da casa.
Já sabia que ia querer uma cozinha toda branca para dar luz a divisão. A pedra preta que se chama Zimbábue sempre foi a minha preferida desde sempre e acho que lhe dá um toque mais fancy.

Para os móveis da cozinha, passamos por uma equipa de profissional. Na realidade não ajudaram muito no desenho da cozinha já que estava tudo em mente… mas acredito que o serviço e a qualidade dos materiais é mais certo do que na Ikea ou no Leroy Merlin.

Os azulejos utilizados foram escolhos no Leroy Merlin. Na realidade não são azulejos próprios para a cozinha, mas sim para o chão. Afinal quem disse que nas obras não se podia inventar?
E enfim para uma cozinha aberta, era óbvio que teria de ter todos os electrodomésticos embutidos. A escolha de ter o frigorífico à vista foi para dar vida a cozinha e porque vamos ser sinceros… este tem mais espaço do que um embutido!
‍♀️

Caixa em madeira da H&M Home

Criei um espaço café da manhã mesmo ao lado da janela para despertar da melhor forma todos os dias. É um dos corners da casa o mais utilizado!

Cá em casa privilégio muito as caixas de vidro para colocar tudo: chá, açúcar, sementes, bolachas.. acho mais organizado. Esta é da Ikea.

♥♥♥

E por fim, o espaço que mais adorei criar.. o espaço refeições. A palavra atelier tem todo o seu sentido. É um espaço de atelier de cozinha, mas não só. Tudo se passa nesta mesa.

(Jara da Ikea e vaso da H&M home)

Andei semanas a procura de esta mesa perfeita. Queria uma mesa de madeira maciça. Que tivesse uma dimensões específica e foi encontrada na loja Arboreto situada nas avenidas novas. Esta tem 1,60 x 1m e quando fica totalmente aberta faz 2m60 de comprimento: perfeita para jantadas!

O banco a combinar com a mesa está do lado do sofá para não dar de costas a zona de estar. Quanto às duas cadeiras foram ambas encontradas no cantinho do vintage.

O painel atelier será o próximo Do It Yourself aqui do blog! E acho que é a peça mestre a esta parede Azul que se vê assim que se entra na sala.

Espero que tenham gostado e que venha o resto do apartamento!