Dicas da Ma Parisienne – Paris para a passagem de ano

Paris is always a good idea“Olá. Tudo bem? Estou a pensar oferecer uma viagem a Paris, ao meu namorado. Pensei no fim de ano, mas precisava da tua ajuda para a compra de bilhetes, sugestões de hotéis, dicas de restaurantes, museus e jardins. Podes orientar-me? Sofia”

Olá Sofia, é com todo o prazer que te dou umas dicas sobre a cidade do meu coração. Na minha opinião, a melhor altura para ir a Paris é, sem dúvida, a época natalícia. Nesta altura mágica, o nome « cidade luz » ganha outro significado. As ruas têm outro encanto e podemos mesmo sentir no ar o frio a chegar… e aquele cheiro que caracteriza o natal. Este cheiro é especial para mim desde criança… mas não estamos aqui para falar de mim! 😉 Vamos focar-nos no pedido da Sofia.

Em Paris tens dois grandes aeroportos e outros dois mais afastados. Não te aconselho viajares com a Ryanair, pois os aeroportos da companhia são fora de Paris e terás de apanhar um autocarro para ires para Paris (duração de 1h30 com o custo de 17€ a ida). Qualquer outra companhia aterra em Roissy ou Orly, o que é mais prático pois tens mais transportes públicos, que te levam a Paris ou arredores (RER, TGV, metro, comboios, autocarros).

Transportes Paris

A nível da estadia, a não ser que queiras gastar um balúrdio em hotéis, aconselho-te a alugar um apartamento no site Airbnb. Encontrarás apartamentos acessíveis e mesmo no centro de Paris. Podes ver no mapa em baixo, as zonas que aconselho em cor de rosa. Se quiseres mesmo perder a cabeça e passar uma noite como uma princesa, podes hospedar-te nos hotéis do Carré d’Or, como por exemplo o Meurice. Este é o meu preferido, os pequenos almoços deles são uma delicia e a vista para o Jardin des Tuileries é algo que deve ser visto pelo menos uma vez na vida.

Para receberes o prémio da melhor turista do mundo, tens de reservar um dia para visitar o Louvre e o Jardin des Tuileries. Se o tempo estiver bom, aproveita e senta-te nas cadeiras à beira da fonte, onde poderás ler um jornal ou simplesmente apanhar sol. La vie comme un vrai parisien…

weekend-louvre_79426c

Claro que tens de passar pelos clichés turísticos e ir até à magnífica dama de ferro. Antes ou depois, poderás passear no Champ de Mars e o frio ajudando, podes ir provar o cappuccino no restaurante do primeiro andar… até agora, é o melhor cappuccino que alguma vez bebi na minha vida (já la vão uns anos desde a última vez que lá fui mas o efeito que teve em mim, foi muito forte).EiffelTower

Tens também de visitar a Cathédrale de Notre Dame e passear na Ile Saint-Louis. Perde-te nas ruas, nas pontes, almoça numa brasserie e vai até ao Jardin du Luxembourg.

Ile saint Louis

 

Por último, quem vai a Paris na época natalícia, tem de passear nos Champs Elysées e descobrir o mercado de artesanato e gastronomia, cheio de produtos tradicionais das nossas montanhas. Se não gostares de queijo nem de charcutaria, estás tramada! Mas já que estás por aí, vai jantar ao restaurante L’Entrecôte, prometo que vais adorar!

lentrecote1

Já sei que não vais ter tempo… mas… Vai à Disneyland!!!!!!!!! A magia e o encanto do parque nesta altura, é única!

Para uma noite especial, podes jantar no Kong, o restaurante/bar que está situado no telhado do Samaritaine (antigo centro comercial). Espreita já a esta vista deslumbrante:

Le kong

Pediste-me dicas para a passagem de ano… a verdade é que nunca passei a passagem de ano num restaurante ou numa discoteca em Paris. Com os meus amigos, gostávamos de fugir à confusão e passar este momento entre nós, numa casa de campo ou num apartamento.

Paris é bastante confuso nesta noite, por isso foge dos principais centros turísticos (a não ser claro que querias estar no meio da multidão) mas escolhe um restaurante com vista para a Torre Eiffel. O fogo de artificio que começa à meia noite é lindo!!! O único problema, será o preço, não encontrarás nada por menos de 150€ por pessoa, nesta data. Poderás encontrar alguns terraços bons nesta lista, dentro dos quais já fui a alguns e a Maison Blanche é a minha preferida.

Espero ter respondido ao teu pedido! 3 dias em Paris é muito pouco, aproveita ao máximo, sem pensares que tens de ver tudo a correr… será uma boa desculpa para lá voltares na primavera! 🙂

Eu vou já esta semana matar as minhas saudades! ♥